A fisioterapia como grande aliada do tratamento para o reumatismo

No senso comum, as doenças reumáticas acometem apenas a população idosa. Mas a realidade é que elas podem ser identificadas muito antes da fase adulta e do avanço da doença. O Ministério da Saúde alerta para a necessidade de conscientização sobre o reumatismo, doença que afeta aproximadamente 12 milhões de brasileiros.

O reumatismo nos ossos deve ser tratado com a ingestão de analgésicos, anti-inflamatórios e fisioterapia. A fisioterapia é uma grande aliada para a maior parte dos pacientes diagnosticados com reumatismo, pois ajuda a diminuir a inflamação e melhorar a capacidade física. Esta deve ser realizada se possível, todos os dias, ou pelo menos 3 vezes por semana.

A principal função da fisioterapia é prevenir e tratar os distúrbios de movimento decorrentes de alterações de órgãos ou sistemas. Sendo assim, a fisioterapia utiliza se de exercícios para preservar, manter, desenvolver ou reabilitar algumas funções..

Conceitualmente, o reumatismo é uma enfermidade que designam outras como artrite, artrose, ou osteoartrose, que afetam cartilagens e articulações, mas também órgãos internos, como coração e rins.

No tratamento para o reumatismo se utiliza de aparelhos e métodos como: bolsas de água morna e fria, exercícios com o objetivo de recuperar a mobilidade das juntas e articulações, sendo seu principal foco combate a dor. Além desses métodos, outros como: Hidroterapia, hidroginástica e natação são excelentes ferramentas no combate e prevenção a reumatismo.

O objetivo da fisioterapia reumatologica é minimizar dores e incapacidades geradas por tais doenças através da utilização de recursos eletroanalgésicos, da aplicação de técnicas de terapia manual e de atividades que estimulem a movimentação articular fortalecendo e alongando os músculos envolvidos buscando assim prevenir a instalação de deformidades, bem como evitar a progressão de deformidades já instaladas, buscando sempre manter uma boa qualidade de vida.

Dependendo da doença, o tratamento pode ser muito demorado e a melhora igualmente lenta, mas se o paciente não realizar estes tratamentos a doença poderá evoluir e tornar o seu dia a dia mais difícil.

Ter uma dieta equilibrada, estar dentro do peso ideal e praticar algum tipo de atividade física diminuem o risco de o indivíduo sofrer de reumatismo na vida futura e diminui o tempo de tratamento, caso ele seja diagnosticado com a doença.

Se desejar, use os botões abaixo para compartilhar.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.