7 dicas para evitar rugas e linhas de expressão que surgem devido a mímica facial

Especialista explica os hábitos que aceleram o surgimento das rugas dinâmicas e explica como tratá-las para aqueles que já sofrem com o problema.

É de conhecimento geral que hábitos como se expor ao sol sem proteção, a falta de sono, o consumo de álcool e açúcar em excesso e o tabagismo são capazes de acelerar o envelhecimento e, consequentemente, o aparecimento de rugas e linhas de expressão. Porém, uma das principais causas do aparecimento precoce de rugas está relacionada aos movimentos que nós realizamos com o rosto. “Algumas expressões faciais, quando excessivamente repetidas ou feitas de forma exagerada, podem levar ao aparecimento precoce de rugas. Isso ocorre porque, com o tempo, a pele perde a capacidade de voltar ao seu estado normal após acompanhar a movimentação da musculatura, favorecendo a formação das linhas de expressão”, explica a Dra Claudia Marçal, dermatologista membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia. E não só isso. Até a forma que dormimos pode favorecer o surgimento destes marcadores da idade. Mas é possível evitar que estes aconteçam através de alguns cuidados básicos, que a especialista explicou abaixo. Confira:

– Durma de barriga para cima. “A forma como dormimos possui grande influência sobre a aparência da pele. Isso porque dormir de bruços, com o rosto virado 100% para o travesseiro, ou sempre de um dos lados vai formando rugas de dinâmica importantes e que muitas vezes nos faz envelhecer mais assimetricamente com demarcações mais profundas dos sulcos, das linhas e das rugas. O ideal então é dormir sempre de barriga para cima.”

– Visite um oftalmologista. “Se você é daquelas pessoas que tem a mania de franzir os olhos para tentar ler algo, é importante que você visite um oftalmologista o quanto antes, pois, além de prejudicar a visão, esse hábito também pode favorecer o surgimento de linhas de expressão. Isso porque as rugas que se formam na testa e ao redor dos olhos quando você contrai os músculos da face para enxergar algo, com o tempo, tornam-se permanentes.”  

– Compre um óculos de sol. “Da mesma forma que com os óculos de grau, quando não utilizamos os óculos de sol a tendência é tencionarmos os músculos para deixar os olhos semicerrados e protegê-los da radiação solar, o que, a longo prazo, faz com que as linhas de expressão nessa área tornem-se mais evidentes. Mas, para resolver este problema, basta que você compre um óculos de sol de boa qualidade que proteja seus olhos da radiação solar, consequentemente evitando que você tencione os músculos da face.”

– Para de fumar. “Além das inúmeras substâncias que o cigarro libera e que causam o envelhecimento precoce da pele, já que destroem as fibras de colágeno responsáveis pela sustentação da pele, o movimento frequente de biquinho que os fumantes fazem para tragar o produto causa a formação de rugas ao redor da boca, também conhecidas como código de barras. Cerca de 80% das pessoas que fumam acabam tendo essas rugas ao redor dos lábios. Neste caso, a única solução é interromper o uso de cigarro.”

– Vá ao dentista. “Pessoas que possuem uma mordida muito forte, causada por disfunções da articulação da mandíbula, como o bruxismo, ou então por ansiedade, tendem a sofrer com a formação precoce de rugas e linhas de expressão na região, já que o hábito pode acabar cansando a musculatura facial com o tempo. Se você sofre com este problema, é importante então realizar uma consulta ao dentista. Apenas ele poderá avaliar a origem do problema e indicar a melhor maneira para tratá-lo.”

– Desestresse. “O estresse causa uma contração intensa no músculo da testa que, com o passar dos anos, é capaz de deixar a pele da região marcada e enrugada. Mas, por incrível que pareça, nesse caso rir é o melhor remédio, porque a risada promove uma contração mais leve da musculatura e ainda libera endorfinas que conferem vitalidade a pele. Porém, é possível também resolver o problema realizando sessões de ginástica facial, que tonifica a musculatura e evita rugas e flacidez.”

– Cuidado ao fazer esforço. “Quando realizamos qualquer tipo de movimento que exija muito esforço, como musculação ou abdominal, é praticamente inevitável fazermos uma careta. O problema é quando realizamos isso com frequência, já que o hábito tende a fazer com que essas marcas de esforço se tornem permanentes na pele. Mas, apesar do ato ser basicamente um reflexo do esforço que estamos fazendo, é possível impedir ao criarmos consciência de que estamos realizando este gesto.”

Porém, se você já sofre com essas rugas causadas pela dinâmica, é possível tratá-las através de alguns cuidados simples. De acordo com a dermatologista, assim que surgem as primeiras marcas, para ter uma pele bem cuidada, é necessário lembrar da pirâmide de tratamento, cuja base é a hidratação e a fotoproteção. Nessa hidratação, um dos elementos mais importantes é o uso do ácido hialurônico, segundo a médica. “Hoje nós sabemos que além do ácido hialurônico de alto peso molecular, existe também o ácido hialurônico associado ao silício vetorizado e filme de polímeros que se integram com muita facilidade à superfície da pele como uma malha aderente que promove barreira física, efeito tensor e moldabilidade”, explica a Dra. Claudia. Essa substância deve ser utilizada conjuntamente com antioxidantes como resveratrol, alistin, vitamina C, arct-alg, vitamina E, o ácido ferúlico e principalmente a fotoproteção. “Mas eu indicaria sobretudo a essa paciente muita hidratação. Dessa forma, a pele não ficará opaca e a paciente não terá a sensação de ‘repuxar’”, explica.

A rotina skincare, para essa paciente, é iniciada com a higienização facial, tanto de manhã quanto à noite, com sabonetes naturais. “Logo após, fazer uma limpeza com um tônico – se for uma pele mais normal a seca sem álcool e com extratos calmantes, se for uma pele mais oleosa, mista ou acneica, possuir substâncias que sejam mais adstringentes. Mas acima de tudo, após o tônico, é hora da hidratação na forma de séruns, de fluidos, de loções sem gordura para peles oleosas; ou se for uma pele mais madura, essa hidratação deve vir na forma de cremes, de leite, de loções com lipídeos e fosfolipídeos, que formem uma segunda barreira de proteção sobre a pele”, indica.     

Depois disso, outro ponto importante é a fotoproteção diária de no mínimo FPS 30 para fototipos 3 e 4 (peles mais escuras), e uma fotoproteção de 50 nos fototipos 1 e 2 (peles mais claras). “Esses filtros solares precisam de uma leitura um pouco mais ampla, ou seja, eu não posso falar apenas de anti-UVA e anti-UVB: eu tenho que começar a pensar no comprimento de onda crítico 415nm da luz azul e no infravermelho; esse filtro solar deve ter substâncias antioxidantes que façam a recuperação e o reparo do dano inflamatório causado pelo sol”, afirma.

À noite, a médica indica para essa paciente altas concentrações de vitamina C (de 20 a 30%) combinadas com palmitato retinol de vitamina A, vitamina E e conjuntamente também com hidratantes em loções ricas em fosfolipídios para evitar a perda transepidermal de água.

Por fim, a dermatologista lembra pesquisas que indicam: 80% do envelhecimento é relacionado ao estilo de vida e o resto tem a ver com a genética. E nesse caso, é necessário ter hábitos saudáveis: “Dormir de sete a oito horas por noite, seguir dieta magra rica em proteína, muita água para se manter hidratado de dentro para fora e, como muitas vezes percebemos dificuldades do organismo de algumas pessoas em absorver todos os nutrientes que consomem, suplementos com silício, peptídeos, aminoácidos, e biotina são fundamentais e devem ser orientados por um dermatologista”, finaliza a médica.

DRA. CLAUDIA MARÇAL: É médica dermatologista, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), da American Academy Of Dermatology (AAD) e da Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatológica (SBCD). É speaker Internacional da Lumenis, maior fabricante de equipamentos médicos a laser do mundo; e palestrante da Dermatologic Aesthetic Surgery International League (DASIL). Possui especialização pela AMB e Continuing Medical Education na Harvard Medical School. É proprietária do Espaço Cariz, em Campinas – SP.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.