Após cirurgia na coluna, Pelé inicia trabalho de fisioterapia e “está pronto para o jogo”

O susto passou. Pelé deve deixar o hospital até a próxima segunda-feira, no máximo. Na tarde deste sábado, o ESPN.com.br confirmou que o Rei do Futebol, aproveitando o fato de estar em um período de férias, passou por uma cirurgia na coluna a fim de corrigir uma pressão na vértebra.

Pelé sofria com muitas dores na coluna e consultou especialistas para diagnosticar o problema. Exames comprovaram a necessidade de cirurgia, mas nada que afete o estado de saúde do ex-jogador.

Segundo pessoas próximas a Pelé, o Rei do Futebol já iniciou o trabalho de fisioterapia e ‘está pronto para o jogo’ nos próximos dias. O Hospital Albert Einstein emitiu um boletim médico atualizado quase no final da tarde deste sábado.

Os exames de Pelé diagnosticaram um nervo que pressionava a vértebra na coluna, o que resultou nas fortes dores sentidas pelo tricampeão mundial. A cirurgia serviu para corrigir o problema de maneira imediata.

O ex-jogador já havia sido internado em maio, quando precisou passar por uma cirurgia para curar uma hiperplasia, que é um aumento no tamanho da próstata. O problema acabou acarretando na interrupção do fluxo urinário, o que motivou a internação há dois meses.

Antes disso, em novembro do ano passado, Pelé foi internado com urgência para a retirada de um cálculo renal. A cirurgia aconteceu conforme o esperado no dia 13 de novembro, maso Rei do Futebol voltou ao hospital cerca de uma semana depois por conta de uma infecção urinária.

Tal sensibilidade deixou o melhor jogador de todos os tempos internado durante 15 dias para a realização de hemodiálise, já que seu único rim – Pelé tirou um dos rins nos tempos de jogador – estava com o funcionamento comprometido.

Confira o boletim médico atualizado sobre o estado de saúde de Pelé:

O Hospital Israelita Albert Einstein informa que o paciente Edson Arantes do Nascimento (Pelé) internou-se na Unidade Morumbi em 13 de julho para ser submetido a um procedimento cirúrgico previamente programado de cirurgia em coluna lombar para descompressão de raiz nervosa (estenose foraminal).

A cirurgia aconteceu em 14 de julho, sem intercorrências e o pós-operatório ocorre dentro da normalidade esperada.

Médicos Responsáveis:
Dr. Arthur Werner Poetscher
Dr. Fabio Nasri

Diretor Superintendente do Hospital:
Dr. Miguel Cendoroglo Neto

Se desejar, use os botões abaixo para compartilhar.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.